Terminologia cinematográfica em inglês > Close up – Etapa 2

Aspecto gramatical:

Fazemos aqui um parêntese de gramática geral para que você aproveite e se familiarize com uma estrutura do inglês que não tem relação com a expressão “close up” ou “close-up”, cujo significado em cinema e fotografia estamos estudando, mas aparece na etapa anterior e é muito comum, a saber: to have + pronome pessoal + verbo (por exemplo, “have you shooting”).

Procure ficar atento quando Michael Caine a utiliza na aula de arte dramática na etapa 1, e também a personagem Sheryl no vídeo do curso de inglês Top Notch abaixo. Depois, reflita sobre seu sentido:

A diferença entre dizer “I’d like you to choose …” e “I’d like to have you choose …” neste caso é apenas de ênfase, para o efeito de que a pessoa a quem Sheryl se dirige, Maureen, deverá fazer algo “para ela” ou ligado ao assunto de que ela está cuidando. Este uso desta estrutura é bem mais comum no inglês britânico do que no americano.

No contexto específico deste vídeo, lembra o caso em português em que usamos “gostaria que você me” … fizesse algo (“gostaria que você me escolhesse o restaurante …” em vez de “gostaria que você escolhesse o restaurante”), exceto que este recurso da nossa língua é coloquial. 

Em outros contextos, é evidente, este equivalente não vale. 

< Voltar para a Etapa 1 (tópico da terminologia cinematográfica)

Fontes e materiais utilizados:

1 – English Conversation (video teaching): https://02.phf-site.com/2015/05/top-notch-3-unit-3-2.html

2 – Curso de inglês Top Notch (Pearson)